Voldemort: A Origem do Herdeiro

Caracas!

Eu tive que dar uma sumidinha aqui devido ao trabalho, essa semana foi complicada tive que separar um monte de documentos e outras coisas pessoais pra entregar, mas foi maravilhosa de verdade! E esse mês veio o fanfilme do Voldemort, cara eu sou apaixonada nessa série de filmes e nos livros é claro, mesmo não tendo lido o último… Eu tenho motivos pra isso não me julguem, eu não li o último livro muito menos assisti o último filme e olha que ainda ganhei o ingresso na época, mas no fim foi apenas minha mãe e minha irmã.

Esse ano estreou algo que muitos fãs queriam que fosse um filme de uma produtora grande e que houvesse mais divulgação e lançasse nos cinemas mundiais, mas não… Voldemort: The Origin of The Heir foi apenas um fanmade assim como o filme do Snape, que foi um fanmade que eu sou extremamente apaixonada…

Vamos lá, como todo fanmade foi de orçamento baixo, faltou os nomes de produtoras grandes, e os efeitos para uma coisa assim estavam ótimos, eu simplesmente não costumo elogiar nada assim, mas tive que comentar até no vídeo e nas rodas de discussão com meus amigos, vamos aceitar sim que os efeitos estavam ótimos, as vestimentas estavam boas e apesar de algumas enroladas de roteiro as falas também estavam ótimas (tirando o treco enrolado com Inglês que pareceu dublagem, mas vamos perdoar porque são italianos não nativos da língua), muita gente reclamou e disse que foi horrível e que perdeu seus preciosos 50 min de vida vendo aquilo, mas cara, eu não pensei assim, eu não julguei aquilo por ser fã de Harry Potter, eu julguei o trabalho que aqueles fãs tiveram quando fizeram algo assim, o tempo que levaram para terminar o projeto, a força de vontade de continuar e a bravura de simplesmente levar aquilo ao ar sabendo que muito fã de Harry Potter iria odiar pelo simples fato de não ser algo profissional, gente convenhamos vamos ser sinceros é um FANFILM (alguém já leu fanfics???) e não tem profissionalismo de diretor famoso, mas tem profissionalismo de fã que pretende trabalhar com isso um dia e se esforçou pra fazer algo bom! Então, vamos lá… Estava bom sim, e não temos do que reclamar.

O filme se tornou meu outro fanmade favorito e eu espero que esses jovens tenham um futuro promissor no mundo do cinema, se não no cinema que pelo menos a carreiras deles chegam aonde eles almejam.

Friends: nunca pensei que fosse trouxa, fui trouxa!

Nessa ultima semana circulou um trailer da melhor série que vocês respeitam: Friends.

O trailer causou um alvoroço na comunidade de fãs que pensavam que iria sair um filme em Abril desse ano, eu fui uma dessas que surtei quase chorei e já tava pensando no ingresso do cinema e nos baldes especiais que eu iria comprar e guardar para a coleção.

No trailer do filme Monica e Chandler estão divorciados, Pheobe de alguma forma virou médica, ainda não sei como, mas é como os poetas dizem segue o baile… Joey ganhou um Golden Globe, Ross não sei o que rolou com ele e Rachel tem alguns filhos por ai pelo mundo, e ela e Monica ainda são bem próximas.

Porém a Courteney Cox (Monica) confirmou recentemente em um programa que não teria filme, nem reunião e muito menos uma temporada de aniversário assim como a de Gilmore Girls, acontece que Courteney disse que eles praticamente nem se veem mais, que a dez anos ela tenta juntar todo mundo para um jantar na sua casa, mas é difícil já que ela só consegue reunir as meninas Lisa (Pheobe) e Jennifer (Rach) e as vezes Matthew (Chandler), o que é triste de se descobrir já que eles pareciam realmente muito amigos, depois que acabou cada um foi para um lado e é isso ai.

Tudo não passou de uma zoerinha do canal no YouTube Smasher, famoso por criar concepts de séries e filmes que todo mundo gostaria que existisse um retorno real, bom Friends sempre vai deixar saudades e a maratona sempre será bem vinda, porque realmente é daquelas séries que você sabe que já viu em algum momento da sua vida, mas você vê de novo várias e várias vezes mesmo assim e a magia nunca se perde.

Friends With Better Lives merecia uma chance! ❤️

Faz algum tempo que vi esse série e ano passado eu me peguei fazendo uma maratona novamente, e eu senti saudades…

Aquilo poderia ser algo bom, porém não investiram para uma continuação, o roteiro lembra bastante How I Met Your Mother e levemente Friends pelo típico sitcom com pessoas rindo e um grupo de amigos apenas ‘vivendo’ em frente as câmeras.

O pior de terem apenas gravado uma temporada e a lançado foi o fato de que o trem acaba de um jeito que você almeja uma continuação, onde você sabe que a próxima tinha história para contar e você iria gostar porque simplesmente o enredo da primeira tava bom… Eu sinceramente digo tudo isso por mim, pelo o que eu achei assistindo duas vezes consecutivas a série, ela merecia sim uma chance e se eu fosse a Netflix comprava os direitos e investia, tá melhor que Friends From College e olha que eu gostei de FFC hein.

Compressed Friends with Better Lives

Bom sobre o enredo da série, cada amigo está vivendo uma fase naquele momento e estão pensando como a vida de cada um ali é melhor que a sua, tá aí o nome da série. Will acabou de se divorciar e procura recuperar sua ex-esposa de volta (qualquer semelhança com Ross é mera coincidência), Andi e Bobby são felizes, tem filhos, mas queriam ser jovens imprudentes novamente sem se preocupar com as crianças ou a vida de casados (qualquer semelhança com o Marshall e a Lilly também é mera coincidência), Jules e Lowell são jovens, lindos e formam aquele casal sexy de Instagram que todo mundo deseja ser, os dois têm a vida sexual ativa e se amam loucamente, coisa que deixa Bobby e Andi (mais a Andi) com uma pitada de inveja já que seu casamento tem amor, porém já reina tanto o costume que eles são igual melhores amigos que se amam, coisa boa é verdadeira que ela só enxerga mais pra frente, e então entra a solteirona do grupo, Kate que simplesmente é o Barney encarnado em uma moça, ela não tem sorte no amor e procura usar isso ao seu favor, mesmo no fundo todos do grupo sabendo que ela só quer alguém pra compartilhar a vida.

Porra Netflix!

Eu não vim aqui fazer lista de filmes ou séries, ou dizer simplesmente quais títulos estão saindo da Netflix, eu gostaria na verdade de expressar minha raiva, o que exatamente está acontecendo? Contratos! Eu sei que algumas emissoras não renovam os contratos ou até a própria Netflix não perdura com os títulos por falta de pessoas vendo, mas droga é tão triste.

Sabe quando você chega em casa e tudo o que mais queria era ver sua seriezinha? Então, fui fazer isso e tinham tirado um monte, sem contar que a Netflix me boicotou durante 3 meses, siiiim, sempre separo o dinheirinho lá dela no cartão e deu ruim no pagamento dessa vez e só agora que virou o ano e o mês de dezembro que ela aceitou meu pagamento, e estou plena vendo The End of The **** World, que por enquanto não me decepcionou em nada! 

O lado bom de toda essa tristeza, é as obras originais que ela posta, carambaaaa eu sou apaixonada pela maioria delas, acho sensacional e simplesmente amo a Netflix por todas suas filhotas que saíram ano passado e estão saindo esse ano!

Séries para ver nas Férias!

Janerão, janeiroso!

Saudades faculdade, onde clica pra voltar?

Temos um mês de férias da faculdade ou do trabalho, ou da escola…. Tanto faz, a questão aqui monas é que temos um mês de vários nada pra fazer então vamos preencher isso dá melhor forma que poderíamos achar na vida, vendo séries, se Deus criou a Netflix o momento de usá-la é esse, só vai meu fio, só vai!

Queroooooo

Então pensando nesses longos dias  que vou ficar presa em casa e recusando os rolês, que eu fiz uma lista de séries para ver nas férias, sendo elas do Netflix ou não e o melhor todas elas serão curtinhas apenas com a primeira temp lançada ou com poucos eps mesmo, porém finalizada.

1 – Dark

Sinopse: Quatro famílias iniciam uma desesperada busca por respostas quando uma criança desaparece e um complexo mistério envolvendo três gerações começa a se revelar.

Temporadas: Por enquanto uma só. Eps: 10 (dá pra ver em uma semana hehe)

Eu já fiz um post aqui sobre ela, estão realmente esperando o que pra ir ver esse chuchuzão que a Netflix criou?

 

2 – Black Mirror (4° temporada)

Sinopse: Está série antológica de ficção científica explora um futuro próximo onde a natureza humana e a tecnologia de ponta entram em um perigoso conflito.

Temporadas: 4. Eps: 19 (total de todas as temporadas)

Pra quem não viu nada, eu só digo uma coisa: está perdendo tempo, use esse mês pra colocar ela na lista e maratonar, vai por mim, essa série é uma delícia, merece seu tempo e te confirmo uma coisa: você vai se amarrar.

 

3 – Big Little Lies

Sinopse: A série conta as histórias de três mulheres que moram na cidade de Monterey, na Califórnia, cujas vidas se conectam de uma maneira inesperada depois que seus filhos se envolvem em um caso de bullying e agressão dentro da escola, o que acaba revelando segredos obscuros de cada família.

Temporada única. Eps: 7.

Eu achei essa série sem querer caçando coisa pra assistir, e quando encontrei eu simplesmente vi tudo em um único dia, a série te prende do início ao fim, tem vários mistério pra você ir descobrindo que te deixam roendo as unhas e até você descobrir a série acabou, pena que foi uma única temp, não necessita de continuação nenhuma e nem deve ter.

 

4 – Friends From College

Sinopse: Vinte anos depois da graduação, um grupo de amigos da faculdade de reconecta e descobre que o amor não ficou mais fácil com a idade.

Temporadas: pelo que eu sei por enquanto uma só. Eps: 8.

É normalzinha, assistível e te entrete no tempo livre que é o que precisamos nas férias, garanto que dá raiva de uns personagens e a série consegue fazer você observar o ponto de vista de cada um deles.

 

5 – Hotel Beau Sejour

Obs: então né mores, tem no Netflix, mas não no brasileiro! Chorem!

Sinopse: Uma jovem acorda para descobrir seu assassino. Procurando por ajuda, ela descobre cinco pessoas que de alguma forma estão envolvidas com a noite de sua morte e muito mais outros mistérios.

Temporada única até o momento, e eu espero que continue assim! Eps: 10.

Eu não vou comentar muita coisa porque pretendo falar dela num post solo, só saibam que essa série segue o ritmo de perfeição de Big Little Lies e The Sinner, sinhô du céu, que série maravilhosa, não sei se vai ter continuação, mas eu particularmente acho que não precisa inventar nada mais, ela tá perfeita como está e eu vou maratonar de novo, chorei com ela e senti realmente as emoções dos personagens.

Postzinho de Final de Ano

Bom, estamos entrando em 2018 e sim, vou usar aquela frase clichê de todo fim de ano: ‘como 2017 passou rápido’, mas cara dessa vez realmente passou muuuuuuito rápido mesmo, eu mal pisquei e já estávamos no final do ano, caracas… uau.

E com essa entrada do ano, eu preciso colocar uma fase nova nessa minha vida, terminar algumas coisas que eu ando enrolando pra ver, como sempre né… E então eu resolvi abrir até uma área de metas da vida neste blog, porque eu quero conseguir terminar cada uma das coisas nessa lista e escrever aqui parece uma boa forma de me fazer conseguir seguir as metas até completar cada uma.

Começando por:

1 – Acabar Game Of Thrones.

Vai malandra!

Sim, eu não terminei ainda e mal comecei ela direito, vergonha pra mim que gosto bastante de ler sobre a série e até acompanho o fandom (um fato sobre minha pessoa: eu posso receber 500 spoilers, passado um dia eu já não lembro mais é de nada, já peguei tanto spoiler de GoT e até TWD que eu acompanho e mesmo assim, eu nem lembro então estou livre do mal do século: spoilers.)

2 – Cumprir a meta de ler um livro por mês.

Essa sou eu futuramente

Eu ando afastada da leitura, eu realmente não sei porque, toda vez que começo a ler eu penso em ver uma série e abandono a leitura… Mesmo sendo meu livro favorito, tô com tanto livro pra ler, e eu vou ler fé no pai que em 2018 eu devoro minha prateleira.

3 – Postar no blog semanalmente.

Living widly

Chuchus, sinceridade aqui e agora, não sei se vou conseguir fazer isso, mas eu juro que irei tentar, sério vocês não imaginam como as coisas são corridas aqui, há quem diga que médico não tem vida social, mas vai por mim você não conhecem TI, tente trabalhar com banco de dados… Sério tem dias que eu saio de casa às 8h e chego lá pra meia noite, se bem que estou entrando o ano já sem emprego hehe mas felizmente/infelizmente começo outro job na mesma semana (ela é rápida ela) pra fazer a mesma coisa do antigo emprego, e ainda tem a faculdade de cada dia pra chegar em casa e morrer, sem brincadeira alguma aqui é puxado, mas adoro trabalhar com essa porrinha e eu prometo que vou tentar me comprometer aqui com vocês meus chuchus e meu blogzin.

4 – Limpar minha lista de séries.

Gzuis, preciso tirar o fardo de deixar pra trás umas séries no último episódio, gente eu juro toda vez que pego uma série eu vou vendo normalmente e quando tá acabando eu simplesmente largo de lado e vou inventar outra coisa pra fazer, deu pra perceber que eu ando muuuuito adepta da procrastinação e cara, eu não era assim, eu simplesmente sempre terminei o que eu começava até começar a trabalhar e a estudar, agora eu fico realmente mais preocupada com a vida do que antigamente, mas quero mudar o mal hábito de deixar tudo pra trás…

5 – Estudar

Gente, eu preciso aperfeiçoar muita coisa na minha vida e isso inclui meu inglês e italiano que tô tentando aprender, quero passar 2018 todinho focada em aprender coisas para minha carreira e coisas aleatórias como línguas, fé no pai que sai isso ai viu (dúvido), mas vou tentar fortemente e isso que importa, persistência.

Gifzão de tia pra vocês!

Bom, e além da minha lista de futilidades para 2018, tudo o que tenho a desejar a vocês são que neste ano tudo que vocês mais almejam se torne realidade e espero que o Natal e a virada de vocês tenham sido ótimos, e para aqueles que não foi assim tão bom… A vida é como uma tempestade, ela chega rápido e abala tudo por onde passa, mas uma hora ela tem que ir embora, certo? Assim são os momentos ruins, sempre são passageiros, basta que cada um de nós siga o baile e não desista dos nossos planos nunca, a vida é feita de persistência e coragem para seguir em frente, não seja fraco! Uma falha hoje é um aprendizado para toda uma vida.

Projetos: Limpa Prateleira e 1 Ano, 12 livros.

Não é de hoje que eu tenho uma guerra comigo mesma quando lembro dos meus livros, eu tenho uma prateleira cheia deles porém sempre que compro um deixo para ler o outro depois e por aí vai, e foi assim que acabei deixando alguns livros e sagas para trás, e eu tenho um sério problema daqueles beeeem gigantescos de que quando começo a ver séries não consigo parar e não consigo me concentrar em ler, e assim vice versa o que me deixa extremamente frustrada de verdade, é um probleminha interior e ultimamente estou tentando ajeitar isso, e como o fim do ano é um tempo de promessas (a maioria não cumpridas), eu resolvi criar uma promessa, e claro arrumar uma maneira de cumprir com ela e aqui estamos nós, essa foi a maneira que arranjei colocando uma meta para continuar lendo, livros velhos ou novos, tanto faz… Mas a meta será explicada a seguir:

Limpa Prateleira e 1 ano, 12 livros!

Como eu disse preciso ler aquilo que colecionei e nem mesmo abri pra ler uma única vez, então criei a meta de ler todos os meus livros aos poucos, e ir contando o que achei de cada um deles, então uma vez por mês irei postar sobre algum livro que tenho nas minhas prateleiras, e é aí que entra o projeto 1 ano, 12 livros que quero cumprir pra retomar meu gosto por leitura que ficou de canto com meu vício por séries, sendo assim irei ler um livro durante um mês, that’s the deal.

1: Apesar de ser limpa prateleiras, durante o mês posso terminar antes do prazo a leitura e acabar lendo outra coisa, esses livros lidos fora do projeto serão também comentados porque eu gosto de falar das coisas hauahau já deu pra perceber isso né mores.

2: Todo livro que existir série, filme ou até mesmo algum documentário sobre eu irei ver e incluir no post comentando sobre similaridades e outras coisas.

3: Vou tentar não dar spoiler porque ninguém é obrigado! hehehe

4: Durante o projeto posso ler livros que já li, perdoa ai, mas tem uns livros que eu realmente pretendo reler por ser a melhor coisa da vida.

5: Em dezembro vai ser um especial de Natal.

Pretendo fazer isso todos os anos, conforme os livros acabem faço com novos.

Tô vendo Dark, e aí?

Ai meu Deus!

Começando que eu não sei como proceder com esse post, sério! Aquela série tá me fazendo questionar até o fato da minha existência… E como sempre eu enrolei um pouco pra ver ela por conta das férias e eu estava viajando porque também sou filha de Deus né monas, e como já deve ter dado pra perceber eu sou adepta da ‘procastinação’ sou mesmo, assumo!

Mas finalmente ainda durante a viagem nesse final de semana passado eu resolvi começar Dark, primeiro ep já me deixou no chão apesar de muita gente dizer que foi lento, eu curti muito! (… eu tenho gostos estranhos) E logo pulei para o segundo e hoje estou no último, e pra ser bem sincera falando novamente como eu mesma e não uma simplória crítica nomeada, a série não me decepcionou em momento algum!

Tá, pode ser que algo ali ou aqui tenham me irritado, mas em relação a produção a forma como as coisas se desenrolam e o mistério assombra a pacata cidadezinha e as pessoas ali que são tão mais misteriosas que a própria cidade… Realmente, isso foi uma jogada de mestre do diretor, e tudo acompanha uma trilha sonora mais sombria ainda (nunca usei tanto a palavra ‘sombrio’ e suas vertigens), sinceramente é algo que devemos assistir e não eu não vi o fim ainda, porque eu tenho uma enorme necessidade de passar pra frente quando não gosto de algo e se o fim não me agradasse eu estaria aqui soltando os cachorros nessa série tão chuchuzinha que a Netflix tá explorando agora nesse mundão do Si-Fi.

Coisas a se pensar sobre essa série:

1 – Já adianto que você vai começar a se questionar sobre muitas das coisas ao seu redor, sobre você mesmo e o mundo, e não isso não é um spoiler, é simplesmente o assunto que a série aborda e você já observa isso no primeiro episódio ou em qualquer resenha pela internet. Eu fucking amo teorias da conspiração… Já dá pra entender o porque desse amor que estou tendo por Dark.

2 – O mal do século: ser embuste passa de geração para geração, vai por mim!

3 – Foquem no enigma principal ou vão se perder assim como eu. hehehe

O que a Aline amou mais em Dark? Eis a pergunta, tudo! Eu curti a fotografia, o cenário obscuro e a forma como tudo gira em torno daquela floresta, que não tenho mais nenhum adjetivo que não seja sombria para descrever… A série é séria, não tem momentos de alívio cômico como é comum ver em séries americanas, ela possui uma pegada gringa mesmo de mistério, a série foca bastante em todos da cidade, não apenas nos personagens principais (na verdade todos são “principais”).

Todos eles tem um mistério!

E não cara, não compare ela com Stranger Things, não tem nada a ver uma com a outra, vi muita gente comentando que é o Stranger Things sombrio ou seja versão IT, mas não a série tem seu esquema próprio, inclusive eu mesma comparei quando vi o teaser de Dark.

No way NO!

Eu gosto de dizer que a exploração do universo ficção científica é semelhante e usar jovens também faz a gente assemelhar, mas podemos notar que a cada história é diferente o que se trata, em Stranger Things um enorme monstro em um universo paralelo, em It um palhaço assassino que mata crianças e Dark… Bom, eu prometi que não ia dar spoiler e não irei!!!!

Último dia de CCXP, eu estava lá!

Caramba, nem parece que faz 8 dias desde quando deixei a SP Expo pra trás e fui pra casa dormir (ou melhor morrer, porque eu realmente desmaiei e acordei apenas de tarde na segunda.) Sem dúvidas foi o melhor evento do ano, tirando a falta de informação do caramba de onde as pessoas poderiam entrar, eu me confundi toda na hora de escolher auditório e ninguém do Staff avisou que poderíamos passar o auditório e ir direto pro evento que começava as 11h ao invés disso fiquei lá no Cinemark esperando abrir a entrada do Cinemark para o evento que era separado, tirando isso quando entrei parecia conto de fadas…. Gente os estandes estavam maravilhosos, a Warner esse ano bombou com as estreias da DC recentes e futuras, a HBO deu um singelo show apresentando o cenário de WestWorld e de Game Of Thrones, e tinha outra coisa lá que realmente me impressionou muito… A réplica exata do Impala de SPN estava lá, ao vivo e a cores para o público ver e eu tirei foto, mas é aqui que minha saga de tristezas começa, porém deixa eu começar do início.

4h00 

Selfie da desgraça!

Eu e minha amiga louca, saímos de casa pra descobrir que os ônibus para o Butantã não estavam saindo ainda e que o metrô não estava funcionando até às 14h, a parte do metrô suave já que do Butantã iríamos pegar um Uber pra chegar ao evento, nada de ônibus passar e aquela escuridão dos infernos na rua e o medo de ser roubada e a cada passada de moto um mini infarte, até que o um motorista de ônibus que não estava mais circulando resolveu parar porque provavelmente iríamos ser roubadas aquela hora, ele deixou eu e ela no terminal e conseguimos chegar no Butantã pegar o Uber e seguir para o evento, lá eu buguei na hora de escolher o pagamento do motorista no app e aí fudeu tudo, ficamos caçando máquinas de tirar dinheiro e nada, até eu ter a brilhante ideia de transferir dinheiro pro cara, ele foi embora e seguimos pra fila gigante, foi lá que me perdi na hora de entrar…

Eu não tenho o que fazer!
É mores, 4h na fila pra entrar na bagaça!
Então chegamos finalmente!

Cantamos Guns na espera e a música famosinha do Sense8 (What’s Up do 4 Non Blondes).

E então entrei no evento de boas, tirei algumas fotinhas com o celular e apenas isso, liguei a câmera na esperança daquelas belas capturas com zoom bom de verdade, porque convenhamos zoom de celular é shit, continuei a andar tirando foto de tudo que consegui ver aquele dia, de todos os cosplays fodas que por ali perambulavam, das apresentações, dos estandes e das estátuas em tamanho real de alguns personagens, então resolvi ir até o estande do Harry Potter pronta para sair de lá com as minhas coisinhas compradas (varinha ❤️), porém na metade da fila anunciaram que já não tinha mais nada na loja e eu tive que sair da fila sem pique nenhum de apenas olhar a quadra de quadribol, coisa que eu já estava vendo ali em bom tamanho na minha frente. E realmente depois da reclamação da entrada confusa essa é a última que tenho, já faz 3 anos que vou a CCXP e toda vez é a mesma coisa, sempre que vou a loja do Harry Potter esgota tudo, nunca tem nadinha das coisas que eu quero, não importa a hora que eu chegue, nem que eu madrugue pra chegar lá, todo ano é a mesma ladainha de ‘tem coisas na loja para o público de todos os dias’, mas a verdade é que nunca tem! 

Olha o tamanho dessa fila, meu 3h de espera!

E depois dessa decepção resolvi comer e ir pra casa, peguei rumo pra Jabaquara pra pegar o metrozão e voltar pra casa, já que Uber tava caro (gzuis bota carro no Uber, sou pobre) e aí cheguei tomei aquele banho e morri, no outro dia postei algumas fotos que estavam no celular da comic e me deparei com a decepção de que a câmera não tinha salvo nenhuma das fotos que tiramos (eu e minha amiga), na verdade salvou porém o cartão de memória deu pau e não queria e nem quer e nem vai passar as fotos pro pc, simples assim e esse é o fim da minha saga da sofrência/CCXP que rendeu boas risadas.

Mas é como eu digo, há momentos que não devem ser fotografados já que são feitos apenas para ficar na memória.

Eu juro que pensei seriamente em não postar nada, deixar passar e postar ano que vem, mas aqui estamos nós irei postar o que tirei no celular mesmo e ano que vem prometo uma cobertura espetacular de primeira do evento!

Thanos Hetfield separado de James por um Metallica! Hehehe
Will fucking Smith
Eu achei isso massa demais apesar de nem ter visto isso ainda!
Mano, se eu amei isso? Pra caracas!
Até demais!
Meu chuchu, tirei foto com ele, mas estava na câmera…

Comic-Con 2017, eu vou!

EEEEEEEEH

Hoje foi o primeiro dia de CCXP de 2017, o evento épico que tem todo ano em Dezembro e eu estarei presente no último dia de evento, que é o único dia que deu pra eu ir já que quando comprei sábado tava esgotado, choremos! :c

Mas isso não vem ao caso…

Enfim, esse ano várias estrelas estarão presentes para o estande da Netflix, Fox e Warner e vários outros, assim como as sessões de foto que são pagas. Sem contar a loja do Harry Potter inspirada na quadra de quadribol… não eu não tô bem, eu tô no chão!

desmaiada1
eu mesma!

E a ansiedade não tá me deixando nem dormir direito!? Simplesmente como qualquer fã que vai ao evento eu aguardei 1 ano de espera e acompanho o evento desde 2014, a qual fui no que teve dentro da anime friends também, e em 2015 teve uns probleminhas já que o espaço ainda estava em construção e eu tive que andar na lama hauahau mas ok! Só sei que esse ano tem que ser o melhor de todos sem mais.

Na lista de convidados desse ano para o dia de domingo são:

Este slideshow necessita de JavaScript.

As pessoas que mais espero ver nessa comic con são a linda da Danai Gurira, o Simon ❤ Pegg, Will fucking Smith e A Montanha de Game of Thrones.

Cronograma dia 10 de Dezembro: