Vegetarianismo: 1° mês

UAAAAAAAAU

Olá chuchus, como estão?

Já faz um longo mês que estou no processo de não comer carne vermelha, e olha vou ter que confessar que coisa difícil… PELO AMOR DE ODIN HUMANOS, como é difícil viver sem algo que você está acostumado a comer todo dia, ainda mais com a sua família fazendo altas comidinhas delícia, gente vocês não conhecem minha mãe, ela já foi cozinheira nessa vida e quando ela inventa de fazer comida você morre só de olhar, chega dar água na boca, mas minha mãe tem um ponto positivo maravilhoso, ela não come carne tão frequentemente igual todo mundo, ela não gosta de carnes brancas e evita comer ao máximo, e carne vermelha ela ainda tem uma luta interna com si mesma de comer menos e realmente se colocar no papel aqui em casa ela é a que quase sempre evita as carnes, mas mesmo assim foi difícil me manter.

Esse mês eu passei fazendo altas pesquisas sobre como começar e como fazer isso de forma saudável, li sobre as vitaminas e sobre a falta delas quando a gente muda bruscamente a maneira de comer, faz bem e é saudável, porém tem que tomar cuidado, e dependendo dos casos é de extrema importância não tomar essa decisão sozinho e sim com conselho de médicos, tem gente que tem anemia e outras doenças alimentares e não é indicado cortar o consumo de carne (caso da minha mãe) é sério, caso alguém tenho algum probleminha de distúrbio alimentar se cuide seriamente, saúde não é brincadeira, e o que está em jogo é a vida, problemas assim não devem ser romantizados por fazerem a pessoa emagrecer, vocês precisam procurar meios saudáveis para se tornar alguém saudável.

Voltando ao assunto principal, tá sendo difícil e eu queria expor meus motivos para deixar de comer carnes e deixar de usar certos produtos, eu tenho um lado muito ético e defensor dos mais fracos, e o hábito alimentício nosso (ser-humano) nunca me agradou, sempre pensei que estávamos matando a nosso favor e pra mim mais jovem isso não nós tornava menos assassinos do que aqueles que matavam pessoas, (nota: ainda penso assim), eu realmente deixei de comer ovo e de beber leite, o que não está sendo problema já que eu não sou muito chegada em nenhum dos dois, e o maior passo até aqui é o de deixar as carnes pra lá, daqui uns 5 anos me imagino não comendo mais nada disso e muito menos sentindo vontade de comer.

Da mesma forma que penso assim sobre me alimentar, penso sobre produtos que utilizamos no dia a dia e que testam nos animais, e pasmem animais domésticos, beagles, gatos, macacos e ratinhos, isso sempre me matou por dentro e não sei se alguém que está lendo isso lembra de um canal onde passavam várias imagens de maus tratos, aquilo ali me matava todo hora que via, não lembro a emissora e muito menos o número do canal na época, isso me motivou a hoje em dia evitar usar produtos que não possuem o símbolo cruelty-free que demonstra que certas marcas não fazem testes em animais, como na China é obrigatório o teste, toda marca que vem de lá faz teste, então boicotem a Avon hauahaua sim, ela a Univeler e mais outras marquinhas são safadinhas ao ponto de inventar desculpas pra não colocar o selo.

Esses dois motivos realmente me impactam, é uma mistura de Vegetarianismo com Veganismo, pois veganos além de se alimentarem tem o veganismo como uma filosofia de vida, e lutam pelos diretos dos animais. Qualquer dia explico a diferença!

Sem contar que eu sempre procurei uma forma de me alimentar bem e ter saúde, e pesquisando e lendo sobre o vegetarianismo vi que essa era sim uma escolha de vida que me fortalece nesse aspecto.

Bom, acho que isso está ótimo pra um resumão de 1° mês sobre meus planos.

Anúncios

Voldemort: A Origem do Herdeiro

Caracas!

Eu tive que dar uma sumidinha aqui devido ao trabalho, essa semana foi complicada tive que separar um monte de documentos e outras coisas pessoais pra entregar, mas foi maravilhosa de verdade! E esse mês veio o fanfilme do Voldemort, cara eu sou apaixonada nessa série de filmes e nos livros é claro, mesmo não tendo lido o último… Eu tenho motivos pra isso não me julguem, eu não li o último livro muito menos assisti o último filme e olha que ainda ganhei o ingresso na época, mas no fim foi apenas minha mãe e minha irmã.

Esse ano estreou algo que muitos fãs queriam que fosse um filme de uma produtora grande e que houvesse mais divulgação e lançasse nos cinemas mundiais, mas não… Voldemort: The Origin of The Heir foi apenas um fanmade assim como o filme do Snape, que foi um fanmade que eu sou extremamente apaixonada…

Vamos lá, como todo fanmade foi de orçamento baixo, faltou os nomes de produtoras grandes, e os efeitos para uma coisa assim estavam ótimos, eu simplesmente não costumo elogiar nada assim, mas tive que comentar até no vídeo e nas rodas de discussão com meus amigos, vamos aceitar sim que os efeitos estavam ótimos, as vestimentas estavam boas e apesar de algumas enroladas de roteiro as falas também estavam ótimas (tirando o treco enrolado com Inglês que pareceu dublagem, mas vamos perdoar porque são italianos não nativos da língua), muita gente reclamou e disse que foi horrível e que perdeu seus preciosos 50 min de vida vendo aquilo, mas cara, eu não pensei assim, eu não julguei aquilo por ser fã de Harry Potter, eu julguei o trabalho que aqueles fãs tiveram quando fizeram algo assim, o tempo que levaram para terminar o projeto, a força de vontade de continuar e a bravura de simplesmente levar aquilo ao ar sabendo que muito fã de Harry Potter iria odiar pelo simples fato de não ser algo profissional, gente convenhamos vamos ser sinceros é um FANFILM (alguém já leu fanfics???) e não tem profissionalismo de diretor famoso, mas tem profissionalismo de fã que pretende trabalhar com isso um dia e se esforçou pra fazer algo bom! Então, vamos lá… Estava bom sim, e não temos do que reclamar.

O filme se tornou meu outro fanmade favorito e eu espero que esses jovens tenham um futuro promissor no mundo do cinema, se não no cinema que pelo menos a carreiras deles chegam aonde eles almejam.

Friends: nunca pensei que fosse trouxa, fui trouxa!

Nessa ultima semana circulou um trailer da melhor série que vocês respeitam: Friends.

O trailer causou um alvoroço na comunidade de fãs que pensavam que iria sair um filme em Abril desse ano, eu fui uma dessas que surtei quase chorei e já tava pensando no ingresso do cinema e nos baldes especiais que eu iria comprar e guardar para a coleção.

No trailer do filme Monica e Chandler estão divorciados, Pheobe de alguma forma virou médica, ainda não sei como, mas é como os poetas dizem segue o baile… Joey ganhou um Golden Globe, Ross não sei o que rolou com ele e Rachel tem alguns filhos por ai pelo mundo, e ela e Monica ainda são bem próximas.

Porém a Courteney Cox (Monica) confirmou recentemente em um programa que não teria filme, nem reunião e muito menos uma temporada de aniversário assim como a de Gilmore Girls, acontece que Courteney disse que eles praticamente nem se veem mais, que a dez anos ela tenta juntar todo mundo para um jantar na sua casa, mas é difícil já que ela só consegue reunir as meninas Lisa (Pheobe) e Jennifer (Rach) e as vezes Matthew (Chandler), o que é triste de se descobrir já que eles pareciam realmente muito amigos, depois que acabou cada um foi para um lado e é isso ai.

Tudo não passou de uma zoerinha do canal no YouTube Smasher, famoso por criar concepts de séries e filmes que todo mundo gostaria que existisse um retorno real, bom Friends sempre vai deixar saudades e a maratona sempre será bem vinda, porque realmente é daquelas séries que você sabe que já viu em algum momento da sua vida, mas você vê de novo várias e várias vezes mesmo assim e a magia nunca se perde.

Friends With Better Lives merecia uma chance! ❤️

Faz algum tempo que vi esse série e ano passado eu me peguei fazendo uma maratona novamente, e eu senti saudades…

Aquilo poderia ser algo bom, porém não investiram para uma continuação, o roteiro lembra bastante How I Met Your Mother e levemente Friends pelo típico sitcom com pessoas rindo e um grupo de amigos apenas ‘vivendo’ em frente as câmeras.

O pior de terem apenas gravado uma temporada e a lançado foi o fato de que o trem acaba de um jeito que você almeja uma continuação, onde você sabe que a próxima tinha história para contar e você iria gostar porque simplesmente o enredo da primeira tava bom… Eu sinceramente digo tudo isso por mim, pelo o que eu achei assistindo duas vezes consecutivas a série, ela merecia sim uma chance e se eu fosse a Netflix comprava os direitos e investia, tá melhor que Friends From College e olha que eu gostei de FFC hein.

Compressed Friends with Better Lives

Bom sobre o enredo da série, cada amigo está vivendo uma fase naquele momento e estão pensando como a vida de cada um ali é melhor que a sua, tá aí o nome da série. Will acabou de se divorciar e procura recuperar sua ex-esposa de volta (qualquer semelhança com Ross é mera coincidência), Andi e Bobby são felizes, tem filhos, mas queriam ser jovens imprudentes novamente sem se preocupar com as crianças ou a vida de casados (qualquer semelhança com o Marshall e a Lilly também é mera coincidência), Jules e Lowell são jovens, lindos e formam aquele casal sexy de Instagram que todo mundo deseja ser, os dois têm a vida sexual ativa e se amam loucamente, coisa que deixa Bobby e Andi (mais a Andi) com uma pitada de inveja já que seu casamento tem amor, porém já reina tanto o costume que eles são igual melhores amigos que se amam, coisa boa é verdadeira que ela só enxerga mais pra frente, e então entra a solteirona do grupo, Kate que simplesmente é o Barney encarnado em uma moça, ela não tem sorte no amor e procura usar isso ao seu favor, mesmo no fundo todos do grupo sabendo que ela só quer alguém pra compartilhar a vida.

Porra Netflix!

Eu não vim aqui fazer lista de filmes ou séries, ou dizer simplesmente quais títulos estão saindo da Netflix, eu gostaria na verdade de expressar minha raiva, o que exatamente está acontecendo? Contratos! Eu sei que algumas emissoras não renovam os contratos ou até a própria Netflix não perdura com os títulos por falta de pessoas vendo, mas droga é tão triste.

Sabe quando você chega em casa e tudo o que mais queria era ver sua seriezinha? Então, fui fazer isso e tinham tirado um monte, sem contar que a Netflix me boicotou durante 3 meses, siiiim, sempre separo o dinheirinho lá dela no cartão e deu ruim no pagamento dessa vez e só agora que virou o ano e o mês de dezembro que ela aceitou meu pagamento, e estou plena vendo The End of The **** World, que por enquanto não me decepcionou em nada! 

O lado bom de toda essa tristeza, é as obras originais que ela posta, carambaaaa eu sou apaixonada pela maioria delas, acho sensacional e simplesmente amo a Netflix por todas suas filhotas que saíram ano passado e estão saindo esse ano!

Séries para ver nas Férias!

Janerão, janeiroso!

Saudades faculdade, onde clica pra voltar?

Temos um mês de férias da faculdade ou do trabalho, ou da escola…. Tanto faz, a questão aqui monas é que temos um mês de vários nada pra fazer então vamos preencher isso dá melhor forma que poderíamos achar na vida, vendo séries, se Deus criou a Netflix o momento de usá-la é esse, só vai meu fio, só vai!

Queroooooo

Então pensando nesses longos dias  que vou ficar presa em casa e recusando os rolês, que eu fiz uma lista de séries para ver nas férias, sendo elas do Netflix ou não e o melhor todas elas serão curtinhas apenas com a primeira temp lançada ou com poucos eps mesmo, porém finalizada.

1 – Dark

Sinopse: Quatro famílias iniciam uma desesperada busca por respostas quando uma criança desaparece e um complexo mistério envolvendo três gerações começa a se revelar.

Temporadas: Por enquanto uma só. Eps: 10 (dá pra ver em uma semana hehe)

Eu já fiz um post aqui sobre ela, estão realmente esperando o que pra ir ver esse chuchuzão que a Netflix criou?

 

2 – Black Mirror (4° temporada)

Sinopse: Está série antológica de ficção científica explora um futuro próximo onde a natureza humana e a tecnologia de ponta entram em um perigoso conflito.

Temporadas: 4. Eps: 19 (total de todas as temporadas)

Pra quem não viu nada, eu só digo uma coisa: está perdendo tempo, use esse mês pra colocar ela na lista e maratonar, vai por mim, essa série é uma delícia, merece seu tempo e te confirmo uma coisa: você vai se amarrar.

 

3 – Big Little Lies

Sinopse: A série conta as histórias de três mulheres que moram na cidade de Monterey, na Califórnia, cujas vidas se conectam de uma maneira inesperada depois que seus filhos se envolvem em um caso de bullying e agressão dentro da escola, o que acaba revelando segredos obscuros de cada família.

Temporada única. Eps: 7.

Eu achei essa série sem querer caçando coisa pra assistir, e quando encontrei eu simplesmente vi tudo em um único dia, a série te prende do início ao fim, tem vários mistério pra você ir descobrindo que te deixam roendo as unhas e até você descobrir a série acabou, pena que foi uma única temp, não necessita de continuação nenhuma e nem deve ter.

 

4 – Friends From College

Sinopse: Vinte anos depois da graduação, um grupo de amigos da faculdade de reconecta e descobre que o amor não ficou mais fácil com a idade.

Temporadas: pelo que eu sei por enquanto uma só. Eps: 8.

É normalzinha, assistível e te entrete no tempo livre que é o que precisamos nas férias, garanto que dá raiva de uns personagens e a série consegue fazer você observar o ponto de vista de cada um deles.

 

5 – Hotel Beau Sejour

Obs: então né mores, tem no Netflix, mas não no brasileiro! Chorem!

Sinopse: Uma jovem acorda para descobrir seu assassino. Procurando por ajuda, ela descobre cinco pessoas que de alguma forma estão envolvidas com a noite de sua morte e muito mais outros mistérios.

Temporada única até o momento, e eu espero que continue assim! Eps: 10.

Eu não vou comentar muita coisa porque pretendo falar dela num post solo, só saibam que essa série segue o ritmo de perfeição de Big Little Lies e The Sinner, sinhô du céu, que série maravilhosa, não sei se vai ter continuação, mas eu particularmente acho que não precisa inventar nada mais, ela tá perfeita como está e eu vou maratonar de novo, chorei com ela e senti realmente as emoções dos personagens.

Desejo de 2018: Me tornar Vegetariana! 

Obs: talvez esse post não interesse ninguém, mas eu precisava documentar esse grande passo como uma forma de comprometimento comigo mesma, documentada para vocês como minhas testemunhas!

Hellooooo meus chuchus de Marte, como está sendo os primeiros dias de 2018 para vocês?

Os meus parecem estar em um caminho tranquilo, sério, estou muito feliz com esse começo de 2018, que continue assim nessa paz maravilhosa! Apesar de que passei dia 01 no hospital devido a uma intoxicação hauahaua (maior desgraça, sim ou claro?!) E foi devido essa intoxicação que eu resolvi aderir uma coisa que eu venho pesquisando a uns bons 4 anos agora, eu sempre quis me tornar vegetariana, por vários motivos tanto éticos como por saúde, e por vontade própria claro, nada vai pra frente se não existir a tal vontade própria… Então pensando eu resolvi realmente seguir para esse lado de uma vez e parar de procrastinar (um dia eu escrevo um livro sobre procrastinar de tanto que sou perita!), e dia 01 eu nem comi direto, nem dia 02… Ainda tava malzona, mas ontem eu fiz um doc no Word com uma lista de comidas que vou trocar para opções saudáveis, assim como vou assinar a Vegana Box, não sei se já ouviram falar, mas ela é maravilhosa vem várias opções de petiscos e comidinhas saudáveis, vale a pena pra quem quer apenas comer de forma saudável ou quer seguir o mesmo rumo que eu vou tentar e espero conseguir seguir, caso seja muito difícil me livrar das carnes, eu pretendo pelo menos evitar comer essas coisas durante a semana, não sei se já ouviram falar do ‘vegetariano nos dias da semana’, pesquisando encontrei alguns sites ditando os prós para saúde.

Acho que de verdade essa será uma das mudanças mais significativas desse ano, sem mais!

Pra começo de pesquisa vi que devemos tirar a princípio a carne vermelha e todos seus derivados, comendo no primeiro mês apenas frango e uma vez por semana apenas, seguindo para o segundo mês o frango é retirado do cardápio e apenas devesse consumir peixe também uma vez por semana assim como o frango, claro que entre um mês e outro procurar o acompanhamento médico, até porque não sou louca (sou), e não quero ficar morrendo pelos cantos ai!

Na vida sou a Lisa enquanto como!

De qualquer forma é mais um dos meus projetos 2018, e eu irei documentar aqui!